segunda-feira, 23 de setembro de 2013

sexo sinistro vs. sexo lavável

 
~
 



«Afinal, o sexo do homem é muito mais honesto, visível e mais facilmente lavável, enquanto o das mulheres é mais sinistro»
 
(Valter Hugo Mãe, entrevista ao Diário de Notícias, de 23/9/2013)

17 comentários:

  1. O que é que isto? Sexo lavável? Sexo sinistro?
    A que propósito estes adjetivos?
    Às vezes, não entendo os escritores, apesar de compreender a obra.
    Mistérios!

    ResponderEliminar
  2. Quanto maior a asneira, mais sono denota no que escreve, ou será que pensa em sexos puros à força de água oxigenada? Nada disso. O que pretende é dizer coisa nenhuma para ser ouvido. Assim vamos.

    ResponderEliminar
  3. O Valter Hugo Mãe devia lavar a boca com Dystron.

    ResponderEliminar
  4. Salas e frases vazias ecoam melhor! :)

    ResponderEliminar
  5. Errado, a não ser que o "sexo" está circuncidado, e mesmo assim ...

    ResponderEliminar
  6. Ó Valter, pá, estás à vontade, isto cada um come do que quer e gosta...

    ResponderEliminar
  7. Indulgência, senhores. O escritor também sofre de fadiga.

    ResponderEliminar
  8. Indulgência, senhores. O escritor também sofre de fadiga.

    ResponderEliminar
  9. Achamos sinistro o que nunca experimentamos e temos receio.

    Que ele nao goste está no seu direito... tal como a parvoice.

    ResponderEliminar
  10. Alguem tem acesso 'a entrevista inteira, ja' vi tantos comentários que tenho vontade de ver

    ResponderEliminar
  11. Não percebem que o propósito de quem escreve, é provocar reacções?
    O Valter conseguiu. Isto é arte.
    Andamos muito adormecidos e cheeinhos de certezas.

    ResponderEliminar
  12. Alguém explique ao senhor que uma vagina, coisa a que ele deve estar pouco habituado, é como um forno com auto-limpeza, muito eficiente e nada sinistra. Já o pénis, não entrando em detalhes muitos gráficos, é muito mais complicado de limpar.
    SMCL

    ResponderEliminar
  13. O escritor não sexa, daí ser lavado.

    Alberto

    ResponderEliminar
  14. Desculpem mudar de assunto, mas tudo o que era relevante dizer sobre esta banalidade conveniente de quem costuma endeusar tanto as mulheres que nem lhes toca para evitar «parti-las», já foi dito pelos anteriores comentadores.
    Deixo-vos um link muito interessante:
    http://diariododistrito.pt/index.php?mact=News,cntnt01,detail,0&cntnt01articleid=1267&cntnt01returnid=84
    É de um jornal regional (digital), Diário do Distrito (Setúbal), que reproduz o artigo «O esbulho fiscal no distrito de Setúbal», saído Sábado, 2/11, no Expresso, Caderno de Economia, pág. 30.
    Este assunto merecia um post.

    ResponderEliminar
  15. Ponham sinistro no Huguito, ñ tem huguito, calculo, que lhe valha.
    Repelente à vista no mínimo! Logo é natural que fale do que lhe é dado conhecer. Imagine-se!!
    MariAna

    ResponderEliminar