domingo, 25 de novembro de 2012

Lunchtime Atop A Skyscraper (1932).






Lunch Atop A Skyscraper, 1932






Captada durante a construção do Rockfeller Center (e não do Empire State Building, como por vezes se pensa),  Lunch Atop A Skyscraper, provavelmente da autoria de Charles Ebbets (1905-1978), é uma das mais famosas imagens da história da fotografia. Uma «imagem icónica», como agora se diz. A imagem já foi objecto de várias recriações. Algumas ingénuas, em que um grupo de homens se faz retratar como se fosse o conjunto de trabalhadores irlandeses  sentados alegremente numa viga, no 68º andar do Rockfeller Center. Uma das recriações mais conhecidas, cuja feitura é contada aqui, foi feita por Segio Furnari e está colocada nas traseiras de um camião que percorre Nova Iorque.
 
 











Sergio Furnari

A escultura de Sergio Furnari





Além daquela, Ebbets captou outra, um pouco menos famosa, Men Asleep on a Girder:
 

 
Recentemente – e tal como vem noticiado na revista Sábado, de 22/11/2012 –, uma investigação que deu azo a um documentário, intitulado Men At Lunch, demonstrou que a fotografia foi encenada. Os metalúrgicos não estavam lá, em cima da viga, foi o fotógrafo que lhes pediu que para aí se deslocassem se sentassem tranquilamente, comendo o seu almoço, indiferentes ao perigo de uma morte certa. Como os índios de certas tribos, ao que consta muito utilizados nas grandes obras devido à ausência de vertigens. De qualquer modo, é indesmentível que os operários em construção, como diria Vinicius de Moraes,  andavam por ali, pelos andaimes pingentes que a gente tem que cair, como diria Chico Buarque, correndo riscos enormes. Daí que a «descoberta» da encenação não seja um grande feito. Ao que parece, no entanto, havia um piso em baixo, que foi omitido no enquadramento, para carregar as tintas do dramatismo. O facto é que o fotógrafo também arriscou, como aqui se vê: 
 
Charles Ebbets
 


O trailer do documentário pode ser visto aqui em baixo.  E a história aqui.



 
 
 
António Araújo





 


Sem comentários:

Publicar um comentário