terça-feira, 27 de novembro de 2012

PPP - Publicidade Pimba e Parva.

. . .
.
.










 









 
 

 
 
 
 
 
Já aqui se falou no Malomil da PPP – Publicidade Pimba e Parva. Agora, em França, Annie Pastor acaba de publicar um livro com o título Les pubs que vous ne verrez jamais. 100 ans de publicites sexistes, racistes, ou tout simplement stupides… Nunca se percebe se a publicidade reproduz tendências e estereótipos ou se os antecipa e cria. O certo é que os amplica. Publicita-os, literalmente. Aqui temos de tudo: racismo (e que importante seria fazer uma antologia do racismo explícito e implícito nos anúncios portugueses...), sexismo, idiotia ou o puro mau gosto. Por exemplo, o anúncio da Volkswagen em que se alude ao desastre automobolístico de Ted Kennedy, que acabou com as suas hipóteses de se candidatar à Presidência dos Estados Unidos; mas que também custou uma vida, facto que não impediu os publicitários de brincarem estupidamente com tal tragédia. Há atenuantes, em certos casos: criticar a publicidade ao tabaco padece de algum anacronismo, já que na altura tudo isso era normal e usual. Sem ser uma obra profunda, mas, do mesmo passo, sem ceder ao moralismo ou à tirania do politicamente correcto, apresentando-se muito mais como um mero divertissement visual, este é um livro que se aconselha. Todavia, há um ponto de discordância: les pubs que vous ne verrez jamais?! Duvida-se: o sexismo e o machismo na publicidade não diminuíram. Têm agora uma linguagem aparentemente mais sofisticada, mas a mensagem continua a mesma de sempre: boçal e alarve. De igual modo, o uso e abuso de crianças na publicidade também merecia uma análise. Enfim, temáticas várias que deveriam ser discutidas, mas não são. Infelizmente.
 
 
António Araújo
 
 

Sem comentários:

Publicar um comentário