segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Samuel Schwarz.

 
 



Como não sentir uma forte emoção, ao dar-me conta de que o meu pai é ainda hoje lembrado e os seus trabalhos continuam a ser editados, passadas que são quase seis décadas depois da sua morte?, dizia Clara Schwarz em Janeiro de 2011.
Clara Schwarz, filha de Samuel Schwarz, um grande nome da cultura portuguesa, que entre muita coisa traduziu o Cântico dos Cânticos do hebreu para o português. Menos lembrado do que devia, e aqui evocado numa magnífica biografia de João Schwarz da Silva (aliás, num site tão interessante como o seu título, Gens intéressants)


Ilustração de João Carlos para o Cântico dos Cânticos (Lisboa, 1942)
 
 
 

Sem comentários:

Publicar um comentário