quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

É a vida.




 
O artista canadiano Jon Rafman teve uma ideia genial, mas trabalhosa (o que chamamos «genial» é quase sempre muito, muito trabalhoso). Navegou horas a fio no Google Street View, à procura das imagens que foram captadas por um acaso: a espontaneidade total e global é uma das grandes maravilhas deste trabalho. Aqui está o mundo todo, inteiro, um lugar diverso e estranho – muito movimentado. Imagens da Natureza e de rara beleza, outras de violência urbana e humana, tudo aquilo que as câmaras do Google apanham e surpreendem num segundo. Agora imagine-se o trabalho que Jon Rafman deve ter tido – e continua a ter – para produzir o extraordinário 9 Eyes. Entrevista ao autor, noutro local fantástico, o blogue do NY Times.  






































Sem comentários:

Publicar um comentário