terça-feira, 26 de agosto de 2014

Porcas em Penafiel, vacas na Ribeira Grande.

 
 
 
Porcas (Penafiel)

 
 
 
No resplandecente, muito útil e cada vez mais buliçoso OLX é possível adquirir um «Porco vietnamita / do Vietname» pela quantia compreensível de 30 euros, mais portes de envio. Em rigor, o que se comercia são três «porcas vietnamitas / do Vietname», nascidas a 12 de Março do corrente e descritas assim, com uma pontita de bazófia: «São animais muito inteligentes, meigos e engraçados. Estão em óptima idade para adaptação a qualquer tipo de ambiente.» Isto passa-se em Penafiel, que é terra de gente decente, asseada e outrora próspera.
 
O Urso Peluche Vaca (Ribeira Grande, Açores)

 

 
Nos Açores, mais pudicos e avessos a porcarias vietcong, apareceu uma pessoa na localidade de Ribeira Grande que, na categoria «Animais Domésticos» (repete-se: na categoria «Animais Domésticos»), colocou, por 5 euros, um animal bizarro, crê-se que não feroz. Trata-se de um «Urso Peluche Vaca». Não são oferecidas mais explicações, científicas ou de senso comum, para este estranho fenómeno da Natureza, certamente de origem vulcânica. Intrigantes mistérios insulares. Desde logo, a classificação desta espécie, raríssima, na classe dos «Animais Domésticos». E depois, em segundo lugar, não podemos deixar de constatar  com pavor este arrepiante cruzamento de um urso com uma vaca. Agravante: o potencial comprador é mantido na ignorância do essencial. Avolumam-se, portanto, as interrogações: a porca da vaca também é de peluche ou só o malandro do urso é que era de peluche? Como é que um urso, sendo de peluche, se entenderá com uma vaca à séria, daquelas malhadas e em pêlo? E, afinal, onde pára o Urso da Ribeira Grande? Na imagem, a vaca, tristonha e abandonada, suspira pelo seu ursinho pelucheiro que em todo este lamentável episódio se comportou, convenhamos, como um autêntico «porco vietnamita / do Vietname», com isso maculando a dignidade já secular quer do concelho penafidelense, quer do concelho ribeiragrandense, ambos municípios por regra ordeiros e até assaz  trabalhadeiros.  
 
 
 
 

3 comentários:

  1. As descrições dos anúncios têm um efeito cómico, mas poderá existir um motivo prático (intencional ou não): fazer aparecer o anúncio mediante as pesquisas mais comuns.

    Por exemplo, pouca gente procurará por "vaca de peluche", mas o anúncio irá aparecer na óbvia pesquisa "urso de peluche", aumentando assim as hipóteses de venda.

    De qualquer forma, é sempre revigorante ler os seus "posts"!

    Obrigado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu é que agradeço!

      Cordialmente,


      António Araújo

      Eliminar
  2. É como o comentador anterior diz, se puser a palavra "crise" num título isso garante-lhe umas horas de fama nas pesquisas.

    Não muitas porque anda meio mundo a recorrer a este truque.

    ResponderEliminar