quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Sugestão de Natal.

 
 
 
 

Manual de auto-ajuda: entre numa livraria, compre este livro, leve-o para casa, comece a lê-lo. Vá avançando mar adentro, mergulhando nas profundezas onde vivem os cachalotes e outros mamíferos de grande porte. Comprei este livro em castelhano, inglês e português. Confesso, sem grande orgulho, que desde há muitos anos junto uma biblioteca já razoável sobre baleias, bisontes europeus, rinocerontes e outros bichos como nós. Raramente falo de animais aqui no Malomil, pois já basta o que basta para a paciência dos leitores. Mas deixem-me apenas que diga que, sobre baleias, este é muito provavelmente o melhor livro que já li na vida. Quando, há muitos meses, talvez um ano, li algures que iria sair em Portugal não larguei o stand da Cavalo de Ferro na Feira do Livro sem de lá sair com a garantia de que Leviatã. Em busca dos gigantes do mar, de Philip Hoare, ia mesmo ser publicado. Passaram meses, floriu agora, em vésperas do Natal. Philip Hoare escreve maravilhosamente e, quando damos por nós, estamos enleados no poder encantatório do seu verbo. Um contador de histórias inigualável, um livro que não é um livro, é uma dádiva. Por amor dos deuses, não o percam. Experimentem ler as primeiras páginas. Depois, falamos.

 
 

5 comentários:

  1. Respostas
    1. Aqui
      http://www.fnac.pt/Leviata-Philip-Hoare/a931887

      Eliminar
    2. ? desculpe, mas não encontro mesmo as primeiras páginas.

      Eliminar
  2. Pois não.
    Tem duas hipóteses, ou compra o livro o que como consequências laterais mantem a FNAC aberta, o editor aberto e o escritor vivo, ou então senta-se naquele cantinho reservado ao leitor tira o livro do escaparate e até o pode ler até ao fim, desde que leve um lanche.

    ResponderEliminar