quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Musgueira Sul.

















 


Quem me mandou a indicação  deste maravilhoso blogue passou muito tempo na Musgueira Sul. Uma das melhores pessoas que conheço mora na Musgueira Sul. E não, não é por um desejo etnográfico ou caricatural que mostro estas imagens. Aqui ninguém quer mostrar como vivem os «pobrezinhos» − e, muito menos, brincar aos pobrezinhos. São imagens de vidas. Só isso, nada mais do que isso. A vida na Musgueira Sul, efémera e bela, como em toda a parte.


 



5 comentários:

  1. realmente é maravilhoso. um achado.

    ResponderEliminar
  2. É ,podia ser a Albania,Grecia,Turquia .Muito interessante.

    ResponderEliminar
  3. Aos padrões do tempo a Musgueira Sul era remediada e a Musgueira Norte pobre. O bairro nasceu quando se transplantaram as barracas do vale de Alcântara para aquele ermo distante, durante a construção da Ponte. "Transplantados" literalmente: os felizardos tiveram uma casita no Bairro da Cruz Vermelha, os oturos viram os seus haveres, barraco e tudo, postos em cima de uma camioneta da camâra e realocados. Neses anos, viver numa barraca não era exclusivo dos miseráveis: polícias, feirantes, mecânicos, etc.. podiam escolher (cuidado com este verbo) esta alternativa. Tal era o Portugal de 60 e 70, por isso é obsceno dizer que hoje estamos pior do que nesses tempos - vejam estas fotos para ver como era normal (gente normal, decente e trabalhadora) tamanha anomalia.
    José Navarro de Andrade

    ResponderEliminar
  4. Sim isso acontece ainda em grande escala no Brasil.Provavelmente ha mais trabalhadores aí do que em bairros da"alta"...

    ResponderEliminar
  5. Este bairro foi evacuado e destruído em finais de 2000.Os seus sucedâneos são muito mais modernos e kulturais, quer-se dizer multiculturais.Não estejamos a caminho do enriquecimento e da sociedade de novo tipo...

    ResponderEliminar