quinta-feira, 22 de maio de 2014

Ié-Ié.

 
 



 
De Luís Pinheiro de Almeida, um livro interessantíssimo. Responde a dúvidas, muitas, sobre a génese da pop portuguesa. Responde a estas perguntas todas, o que não é pouco. Para saber mais sobre a idade da inocência. Depois, veio a luxúria canibal. E passaram a matar-se uns aos outros, na sofreguidão da fama e do dinheiro.


2 comentários:

  1. Uma obra fabulosa. Uma época anterior ao rock português, da década de 80.

    ResponderEliminar